Artigos . EXCESSOS !!!

29/07/2013

O que ocorre com o organismo humano quando alguns suplementos são consumidos além da conta:


          Aminoácidos: desencadeia problemas intestinais, hepáticos e renais.

          Glutamina: gera cirrose no fígado, problemas nos rins e síndrome de Reye (doença que acomete cérebro e fígado).

          Termogênicos: provoca taquicardia (que pode levar a uma arritmia) e insônia.
          BCAA: provoca desgaste gastrointestinal.

          Óxido Nítrico: causa problemas respiratórios, coceira, vômitos, tremores, asma e sudorese intensa.
          Creatina: apesar de criar a falsa ilusão de aumento muscular, o que realmente ocorre é um aumento da reserva de água dentro das células, o que faz com que as pessoas fiquem inchadas.
           Proteínas: prejudica o funcionamento dos rins e fígado.

           Substâncias estimulantes: provoca dependência psicológica, aumento da pressão, agitação, distúrbios do sono e falta de coordenação motora.

           Precursores do HGH: pode ocasionar diabetes, ginecomastia (aumento de mamas em homens), síndrome do túnel de carpo e acromegalia (gigantismo).


Saiba também o que ocorre quando vitaminas são consumidas exageradamente:

           Vitaminas: prejudica o funcionamento do fígado e dos rins. Em alguns casos, provoca espinhas e flatulência.

           Cálcio: pode ocasionar cálculos renais, redução de magnésio no organismo (se combinado à vitamina C), fraqueza muscular, irritabilidade, depressão, problemas de memória e anorexia.

           Fósforo: em excesso pode levar à pressão alta, confusão mental e problemas cardiovasculares
Magnésio: provoca fraqueza muscular, pressão baixa, rubor na face, náuseas, insuficiência respiratória e boca seca.

            Ferro: Danifica o paladar metálico, causa dor de cabeça, náusea, tontura, pressão baixa, perda de peso, dor nas articulações, problemas no fígado e no coração.

           Zinco: provoca anemia, febre, queda no sistema imunológico e nos níveis do colesterol HDL (colesterol bom).

          Cobre: gera náuseas, vômitos, hemorragia gastrointestinal, diarréia, anemia e cirrose.
Manganês: pode atuar no crescimento de células cancerígenas.

           Vitamina A: causa ressecamento e descamação da pele, dor nos ossos, nas articulações e na cabeça, cãibras, tontura, náuseas, problemas no fígado e no crescimento.

 

 

Como o nome já diz, os suplementos devem ser um complemento de vitaminas, minerais, fibras, ácidos graxos e aminoácidos, que podem estar faltando na dieta do indivíduo. Nunca devem substituir uma refeição. E esta prática esta se tornando rotineira nas academias. CUIDADO!

Artigos . Geração suplemento alimentar

16/09/2013

Na última semana chamou a atenção uma operação deflagrada pela polícia civil com o intuito de retirar do mercado suplementos alimentares considerados impróprios para consumo. Foram cumpridos 123 mandados de busca e apreensão em vários municípios gaúchos.

Conforme a Delegacia do Consumidor responsável pela ação policial, os produtos possuem substâncias proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e sua comercialização pode caracterizar tráfico de drogas. Fiscais do PROCON e da vigilância sanitária, além de 750 policiais, participam da operação. Diante disto e do que percebo o uso indiscriminado destas substancia tomaram um rumo preocupante, pois nem sempre há necessidade de se ingerir tais produtos e o que é pior na maioria das vezes sem um especialista para orientar.

Com base em um estudo feito pelo renomado Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, após receber inúmeras denúncias, uma equipe de pesquisadoras resolveu investigar a suspeita sobre suplementos vendidos a quem treina musculação. Foram analisados 111 produtos apreendidos em academias de ginástica paulistas pelo serviço de vigilância sanitária local. As marcas não foram divulgadas, mas sabe-se que seis eram nacionais, dez eram fabricadas no exterior e 95 nem sequer apresentavam no rótulo o país de procedência.  O resultado foi que cerca de 25% dos suplementos tinham esteróides, substâncias derivadas do hormônio masculino e usadas para aumentar a massa muscular

A desconfiança de que os suplementos alimentares podem conter substâncias prejudiciais não declaradas na embalagem já vem há muito tempo. Uma outra pesquisa com maior abrangência ainda foi realizada pelo Comitê Olímpico Internacional, com marcas provenientes de 215 fabricantes de 31 países e revelou que, das 634 fórmulas avaliadas, 94 continham substâncias que não apareciam no rótulo e que dariam um resultado positivo no teste de doping. Nos últimos anos, muitas publicações internacionais vêm alertando sobre a presença de drogas de uso controlado, como estimulantes e anabolizantes, em produtos comercializados como simples suplementos nutricionais.

 

Os resultados recentes obtidos no Adolfo Lutz levaram a polêmica, aquecida há tempos. A Associação Brasileira das Empresas de Produtos Nutricionais (Abenutri) saiu em defesa dos produtos nacionais. Contestando que as amostras contaminadas seriam aquelas de procedência indefinida. O que devemos ter como consciência é que o uso de suplementos não deve ser indiscriminado, sempre deve ser acompanhado por especialista e que no mercado existe empresas idôneas e sérias que cumprem com seus deveres e estas estão em cumprimento com a ANVISA. Só assim não seremos conhecidos como a “geração suplemento alimentar” que faz uso apenas por modismo.

Artigos . Mitos sobre as dietas

23/09/2013

Como anunciado no artigo anterior, na qual falei sobre verdades, hoje abordarei parte da pesquisa realizada por cientistas americanos e dinamarqueses que mostram quais são os sete mitos, cinco dúvidas e seis verdades em relação a dietas. Hoje os mitos.

Mudanças de hábitos: pequenas mudanças de hábito, como comer um pouco menos por dia e subir escadas em vez do elevador, levam a perda gradual, consistente e duradoura. Hoje é sabido que o organismo se adapta a perda de peso e não metaboliza as calorias na mesma intensidade. (regra das 3,5 mil calorias).

Metas realistas: Os trabalhos mais consistentes mostram que não há associação negativa entre metas muito ambiciosas e a quantidade de quilos perdida. Pelo contrário, objetivos grandes, emagrecimento na mesma proporção.

Perda gradual: Os estudos mostram que não há diferença a longo prazo na manutenção do peso de emagrece devagar ou de que perde peso rapidamente.

Emocionalmente preparado: Para começar a dieta pelo menos cinco grandes estudos dizem não haver relação no estado de preparação emocional com a magnitude da perda ou manutenção do peso.

Aulas de Ed. Física: Nos moldes atuais, as aulas não têm impacto no peso da criança e nem influencia o IMC (índice de massa corporal), embora tenha outros benefícios como a melhora do condicionamento físico.

Amamentação e risco de obesidade: Com grandes instituições de pesquisa, como: A Universidade do Canadá e a Universidade Georgetown dos EUA chegando a mesma conclusão. Não há efeito protetor da amamentação contra a obesidade. Uma acompanhou 14 mil crianças durante seis anos e concluiu que o aleitamento materno não reduziu os índices de obesidade ou elevou a estatura dos pequenos. Já na Inglaterra o estudo foi com duas mil crianças e teve a mesma conclusão.

Ato sexual: O cálculo de queima calórica ocorrido durante qualquer atividade é baseado na sua intensidade, no peso do indivíduo e no tempo gasto para executá-la. Um homem pesando 70 quilos gasta cerca de 3,5 calorias por minuto durante a estimulação e o orgasmo. Como o tempo médio de uma relação é de seis minutos, segundo a literatura científica, esse indivíduo queimaria apenas 21 calorias e não entre 100 e 300 como se fala.

Este estudo derrubou conceitos adotados até hoje, colocou sob suspeita outros tantos também defendidos por muita gente e, principalmente, destruiu idéias nas quais todos, inclusive especialistas, acreditavam, mas que, segundo os autores do trabalho, estão equivocadas. As discussões estão abertas...

 

 

Artigos . Quando beber isotônicos

30/12/2013

Muito usada por praticantes esportivos e muito vista nas mãos de esportistas conhecidos como forma de marketing a bebida isotônica cada dia esta mais presente no dia a dia de frequentadores de academias, corredores de rua ou simplesmente praticantes de algum esporte como lazer. Como o isotônico é uma bebida esportiva produzida para a hidratação durante ou após o exercício físico, alguns detalhes devem ser levados em conta na hora de consumi-los.

Através da transpiração, certos nutrientes diminuem à medida que o exercício é praticado, porém o isotônico promove a hidratação do organismo e reposição de alguns destes nutrientes, já que são compostos por água, carboidratos, eletrólitos e sais minerais (basicamente sódio e potássio). Além destes, também contêm adoçantes e conservantes na sua composição, e por isso é muito importante estar atento, já que consumir bebidas isotônicas com carboidratos sem realizar exercícios prolongados pode levar ao ganho de peso.

      Durante os exercícios prolongados o corpo além de perder água devido ao aumento da temperatura corporal, também perde eletrólitos e reduz o glicogênio no fígado e nos músculos e como a perda desses elementos pode levar a desidratação o consumo de isotônico e recomendado a cada 20 minutos, principalmente se a temperatura ambiente estiver elevada.

A ingestão de bebidas isotônicas pode melhorar esse desempenho, já que ela compensa a perda de fluidos e atenua algumas respostas inflamatórias decorrentes dos exercícios. A baixa de substâncias como potássio no organismo, pode levar a cãibras musculares e até a parada cardíaca, já que essa substancia é essencial na contração muscular. Já a baixa do sódio no organismo que ocorre somente em exercícios físicos acima de quatro horas também é compensada com a ingestão destas bebidas. Por outro lado, a suplementação excessiva de sódio durante o exercício pode levar a problemas gastrointestinais ou causar cãibras induzidas pelo excesso dele.

    O mais correto a se fazer para quem é apenas praticante de exercícios físicos é beber água e isotônico alternadamente durante o período em que esta praticando seu esporte. Já os atletas que buscam resultados deve-se medir por completo a necessidade diária de todas as substancias que são necessárias tanto para o treinamento quanto para os dias de competição.

© FITNESS CLUB
Login
Horário de Atendimento Segunda à Quinta Das 7hs às 21:30hs Sexta Das 7hs às 21:00hs Sabado Das 9hs às 12:00hs
Onde estamos
Av. Independência, 700 sala 108, Campo Bom/RS

(51) 3597-4510