Artigos . Nova vida saudável

16/04/2018

Quando se aproxima uma nova vida, as expectativas são as melhoras possíveis. Mas com certeza se pode melhorar ainda mais a saúde deste novo ser e da mãe. Com as novas diretrizes americanas que recomendam exercícios físicos regulares e moderados a gestantes. Ao contrário de 20 anos atrás quando especialistas recomendavam repouso absoluto com o temor que exercícios físicos pudessem afetar o desenvolvimento do bebê ainda na barriga, provocar contrações precoces ou até mesmo ocasionar um aborto, agora se sabe que o exercício é benéfico para ambos.

       No Congresso Americano de Obstetras e Ginecologistas ficou provado que a atividade física durante a gestação oferece “riscos mínimos” às mulheres e na verdade sim, muitos benefícios à elas. No encontro ficou firmado que se faça de 20 a 30 minutos diários de atividades físicas moderadas para gestantes sem complicações, incluindo aquelas acima do peso e as que não costumavam se exercitar regularmente, pois são extremamente benéficos a saúde, tanto do bebê, quando da mãe. Mas sendo ela praticante de corrida, mantenha a prática. Bem como quem já praticava exercícios com peso.

O exercício também pode evitar a diabetes gestacional, que pode prejudicar o feto e ainda requerer dieta rigorosa, além de insulina em alguns casos, mesmo se a gestante não fosse diabética. Reduzir os riscos de pré-eclâmpsia, aumento da pressão arterial, que é uma complicação potencialmente fatal. Segundo especialistas, a atividade da mãe é capaz de afetar o metabolismo do feto e, consequentemente, trazer efeitos positivos para a criança na infância, protegendo-o assim da obesidade infantil.

Para quem gosta de exercícios mais suaves, a pratica da ioga ajuda na respiração e na flexibilidade, além de evitar dores nas costas, um problema comum durante a gravidez. E este fortalecimento dos músculos pode ser muito úteis durante o parto. É importante deixar de lado esportes de contato, como futebol, basquete e handebol, bem como esportes radicais. Havendo sangrando, contrações ou dilatações precoces, deve-se parar logo o exercício e procurar um especialista. Assim também com o clima quente, quando resfriadas, com dor de cabeça ou tontura.

Para o pós parto, com as novas recomendações do encontro, é o retorno mais rápido as atividades para as gestantes que tiveram um parto sem complicações vaginais. Porem mulheres que fizeram cesariana deverão esperar mais tempo para recomeçar os exercícios. O legado da mãe será eterno para o filho.

© FITNESS CLUB
Login
Horário de Atendimento Segunda à Quinta Das 7hs às 21:30hs Sexta Das 7hs às 21:00hs Sabado Das 9hs às 12:00hs
Onde estamos
Av. Independência, 700 sala 108, Campo Bom/RS

(51) 3597-4510